DinheiroEmpreendedorismoEstilo de vida

Roupas em atacado: Como fazer da moda uma fonte de renda?

Se você já encontrou um excelente fornecedor de roupas no atacado e quer começar seu próprio negócio de moda ou fazer da moda uma fonte de renda, aqui estão algumas dicas que podem te ajudar.

Defina seu negócio

Antes de começar, é fundamental que você saiba que tipo de roupa vai vender, pois terá melhores benefícios se focar em um determinado nicho, como roupas femininas ou moda infantil, ao invés de roupas em geral; Escolha as roupas que mais lhe interessam e que você tem mais conhecimento, por exemplo, porque você vendeu em empregos anteriores ou porque gosta muito desse tipo de roupa.

Da mesma forma, você deve escolher se vai vender roupas em atacado ou no varejo, entre as duas, a opção de varejo é muito mais lucrativa, pois as maiores empresas vendem roupas no atacado e você pode encontrar preços mais atrativos e vender roupas no varejo conseguindo maiores lucros.

Por isso, é recomendável conhecer um pouco sobre o ramo ou contar com a assessoria de alguém que se dedicou a isso para não cometer erros de principiante.

Usar o Facebook

Vender através do Facebook é, hoje, uma das soluções gratuitas mais rentáveis, pois não precisamos investir muito dinheiro para criar uma página web, ou alugar um espaço, assim podemos usar nosso perfil pessoal, criar uma fanpage ou se juntar a grupos da moda uma fonte de renda para promover nossos produtos.

Para vender através da rede social mais utilizada no mundo, devemos:

Postar fotos de alta qualidade. Precisamos entender que as pessoas tendem a ver fisicamente as roupas e experimentá-las antes de comprá-las, então precisamos mostrar as melhores imagens que pudermos das roupas que oferecemos. Fotos com fundo branco, colocadas em manequins são as melhores, além de três ângulos básicos: frente, perfil e verso.

Descreva as roupas. Dar informações sobre cores, tecidos e tamanhos é essencial para atrair compradores e garantir que eles gostem.

Dê bons preços. A maioria dos internautas procura ofertas, por isso devemos procurar oferecer um preço competitivo, baseado na qualidade e design das peças de vestuário; Se pudermos agregar valor às peças, como designs originais ou marcas de prestígio, teremos menos conflitos com os preços.

Indique os preços em cada publicação. Há poucas coisas que os usuários do Facebook odeiam mais do que “preços no privado”; ser claro com o preço nos ajudará a ter maior credibilidade e atrair mais clientes.

Crie looks com cada peça. Se tivermos uma variedade de roupas, podemos criar várias combinações com elas para mostrar aos nossos clientes como ficariam e como podem usá-las para sair; Essas combinações são atraentes e podem fazer com que decidam comprar a roupa ou o conjunto completo.

Esclareça os preços para os custos de envio e a política de devolução. Muitas pessoas que anunciam nas comunidades esclarecem os dias e áreas onde fazem entregas pessoais, muitas vezes escolhem locais públicos como restaurantes para não fornecerem informações de suas casas; no entanto, para maior segurança, recomenda-se a entrega ao domicílio com serviço de encomendas ou táxi, caso seja na mesma cidade.

Crie uma tabela de tamanhos. Em geral, as marcas lidam com tamanhos diferentes, principalmente quando adquirimos marcas estrangeiras, para que possamos dar um guia para que nossos clientes saibam tirar as medidas e escolher o tamanho sem cometer erros.

Essas dicas serão úteis para as seguintes opções de vendas

Registre-se nas plataformas de vendas

Na Internet encontramos algumas plataformas de vendas, que se tornaram muito populares entre os internautas, algumas delas são Mercado Livre ou eBay, porém uma comissão deve ser paga à plataforma ao vender, embora tenham a vantagem de oferecer segurança nas transações; Também encontramos sites de anúncios classificados, que são gratuitos, mas também nos oferecem a opção de pagamento para melhorar a visibilidade dos anúncios.

Vendas pessoais

Embora a tecnologia seja uma das nossas grandes aliadas, não podemos nos esquecer das vendas de pessoa para pessoa, que continuam sendo lucrativas; Há vários anos vemos pessoas comprarem roupas em atacado e vendê-las no escritório, na escola dos filhos, entre parentes ou que adapta um cômodo de suas casas para pendurar roupas em sacolas e permitir que seus clientes as experimentem. 

Aproveite as feiras ou finais de semana

As pessoas que não dispõem de tempo durante a semana devido às suas atividades laborais podem aproveitar as feiras para montar espaços ou stands temporários, poupando assim o pagamento de uma renda fixa e aproveitando o grande número de pessoas que visitam estes locais, assim, as oportunidades de vendas serão muito maiores do que as de um local fixo.

Como você verá, existem muitas oportunidades para ter seu próprio negócio de roupas, sem a necessidade de passar o dia inteiro em seu próprio lugar e sem investir tanto dinheiro; No Gira eles te ajudam a fazer da moda uma fonte de renda o teu negócio, com o mais vasto catálogo de roupas no atacado com os melhores preços.

Baixe o aplicativo e conheça as ofertas!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo