Sem categoria

6 dicas para empreendedores iniciantes

É difícil começar um negócio, e é mais difícil mantê-lo funcionando. Para que sua empresa prospere, você também precisa de sólidas habilidades de gerenciamento, além de experiência e determinação.

De acordo com uma pesquisa recente na Bet20, 25% dos novos negócios não abrem suas portas por dois anos completos.

Certo, você não quer ser um membro desses 25%. Então, vamos oferecer seis sugestões para começar com sucesso no mundo do empreendedorismo.

1. Não tenha vergonha de expressar suas ideias

A grande maioria das pessoas consistentemente comete esse erro. Eles não discutem suas ideias com outras pessoas ou procuram conselhos daqueles com mais experiência no assunto por medo de que suas ideias sejam roubadas.

Você pode ganhar ao compartilhar seus pensamentos das seguintes maneiras:

Aumentando sua perspectiva: Ao discutir nosso conceito com outros profissionais, podemos obter orientação daqueles que são especialistas no assunto e têm uma variedade de experiências.

Ao ouvir o outro, podemos ampliar nossa perspectiva sobre nosso projeto e descobrir novas oportunidades e soluções mais eficazes para as dificuldades que enfrentamos agora.

Suporte da sua rede: Ter conexões fortes pode impactar significativamente o sucesso da sua empresa. No entanto, apenas as pessoas que estão cientes do seu plano podem ajudá-lo.

Sua rede de contatos pode ser um recurso crucial ao lançar sua empresa e é um recurso crucial à medida que ela se expande e ganha dinheiro.

2. Esteja preparado para lançar seu negócio

Você possui as habilidades e conhecimentos necessários para trabalhar na área que deseja? Isso exige uma resposta “sim”. Se não, reconsidere seu plano.

Por esse motivo, você deve pesquisar minuciosamente seu campo, tentar manter-se atualizado o tempo todo e acompanhar as tendências e os avanços técnicos.

O fundamental é conhecimento na área! Além disso, você deve ter conhecimento em vendas, marketing, finanças e gestão de negócios em geral.

Você deve ser capaz de gerenciar! Você pode fazer isso melhorando a si mesmo por meio de aulas on-line, lendo sites e blogs relacionados ao empreendedorismo e conversando com outros especialistas.

3. Esteja ciente de seu mercado e clientes potenciais

É fundamental pesquisar bem o mercado em que sua empresa irá atuar. Saiba exatamente quem são seus rivais, quais são suas vantagens e desvantagens e tente se diferenciar deles para se destacar.

Entender o mercado permite que você identifique seu mercado-alvo, os benefícios desse setor, como melhorar seu planejamento estratégico e os métodos mais eficazes para vender seus produtos.

Com a ajuda deste estudo, você pode criar um perfil mais preciso de seus clientes em potencial e aprender como atrair sua atenção. Que forma de comunicação eles empregam? Quanto dinheiro você pode comprar? O que importa para eles?

O foco do seu negócio deve estar no consumidor. Ele determina se você terá sucesso ou falhará.

4. O planejamento é crucial

Gaste uma parte significativa do seu tempo descrevendo cuidadosamente cada etapa e despesa em que incorrerá. Ao empreender, frequentemente somos surpreendidos por uma série de custos inesperados.

Esteja atento a todos esses custos, bem como aos muitos impostos que se aplicam ao seu negócio. Separe dinheiro para poder esperar pacientemente por um retorno (lucro) sem desanimar.

Planejamento é, no entanto, crucial. Organize suas finanças também. Primeiro, separe as contas pessoais das contas comerciais.

E mantenha um controle estrito sobre suas finanças, esteja ciente de todas as transações de entrada e saída e de todas as datas de vencimento. Seu empreendimento comercial está fadado ao fracasso sem esse controle.

5. Ganhar dinheiro não é tudo

Isso é o que você pode supor inicialmente, pelo menos. Abrir um negócio que exija lucro imediato é uma má ideia. Ficar aquém dessa expectativa pode ser extremamente desmoralizante.

Pagar as contas, organizar sua equipe e negócios, construir sua marca e atrair e manter consumidores devem ser suas principais prioridades nos primeiros anos.

O dinheiro que você produz deve, idealmente, ir para a expansão do seu negócio, para que ele possa pagar mais do que no passado. Não há crescimento sem investimento!

Salve seu impulso de comprar coisas e trocar de carro para mais tarde. Desde cedo, a estabilidade financeira da sua empresa é a principal preocupação.

6. Evite ser casual

Muitas pessoas lançam sua empresa formalmente para evitar o pagamento de impostos. Mas é importante ressaltar que a formalidade pode ser uma poderosa aliada da sua empresa.

Em primeiro lugar, você não tem mais acesso a uma série de serviços disponíveis apenas para quem possui CNPJ, como o envio de notas fiscais, quando você faz negócios informalmente. Isso pode resultar em perda do consumidor. Fique atento!

Hoje, formalizar o seu negócio é simples. Uma ilustração eficaz disso é o MEI, ou Microempreendedor Individual. Dispensa o uso de contator e simplifica a cobrança de todos os impostos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo